Resultado do Enem 2019

Veja aqui como quando sairá o resultado do Enem 2019 – Exame Nacional do Ensino Médio: De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia do MEC (Ministério da Educação) responsável por organizar as provas do Exame Nacional do Ensino Médio, o resultado do Enem 2019 será divulgado em janeiro de 2020. Para consultar as notas, o candidato deve acessar a página do participante, no portal do Inep, cujo link está disponível logo abaixo, tendo em mãos o número do CPF (Cadastro de Pessoa Física) e senha.

Em todo o país, no início de janeiro, milhares de estudantes terão em suas notas o destino que seguirão rumo ao ensino superior ou à próxima edição do Enem.

Resultado do Enem 2019

Na segunda quinzena de janeiro, a partir do momento em que o Inep liberar a consulta ao resultado do Enem 2019, os estudantes deverão acessar a página do participante disponível no endereço eletrônico https://enem.inep.gov.br/participante. No acesso, o sistema exige que o candidato informe o seu número de CPF e a senha cadastrada durante a inscrição.

Como Consultar o Resultado do Enem 2019

As notas do Enem 2019 estarão separadas em cinco partes diferentes. As quatro primeiras correspondem às áreas de conhecimento das provas objetivas: Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Matemática e suas Tecnologias. A quinta corresponde à prova de redação, avaliada de 0 a 1.000 pontos. À frente das cinco notas, existe a situação do participante no dia de prova, se ausente ou presente.

Recuperar senha do Enem 2019 para consultar o resultado

É impossível consultar o resultado do Enem 2019 sem informar a senha cadastrada no ato da inscrição. Sabendo quem muitos dos participantes não guardam e esquecem suas senhas com facilidade, a organização do Exame oferece uma maneira bem simples e eficiente para cadastrar uma nova.

Quem tiver a necessidade de recuperar senha do Enem 2019, deve acessar a própria página do participante e localizar um link de apoio, em azul no canto inferior direito da página, com a opção “Esqueci minha senha”. Ao clicar, uma nova página será aberta e nela deverão ser preenchidos alguns campos: CPF, data de nascimento, nome da mãe (caso tenha sido cadastrado), UF de residência (Estado) e município de residência. Depois disso, basta inserir a nova senha, confirmando-a no campo seguinte. São permitidos entre 6 e 10 caracteres com letras e números, com diferenciação entre maiúsculo e minúsculo.

Como é feita a correção das provas do Enem 2019?

A correção das provas do Enem 2019 é feita, diferente dos tradicionais vestibulares, com base na TRI (Teoria de Resposta ao Item), que avalia não apenas a quantidade de acertos do participante, mas também a qualidade de suas respostas. Por isso, é comum que candidatos com a mesma quantidade de questões certas atinjam notas finais diferentes.

Tal diferença só acontece porque a TRI atribui peses diferentes de acordo com o nível de dificuldade das perguntas (fácil, médio e difícil). Assim, a Teoria consegue penalizar os participantes que chutam um maior número de questões. Isso é possível quando é feita uma análise comparativa entre a quantidade de acertos em cada grupo de dificuldade. Quem acerta a maioria das questões fáceis, boa parte das médias e uma quantidade menor das difíceis, por exemplo, tende a ir muito bem nas provas devido à hegemonia e coerência das respostas. Quem acerta poucas questões fáceis e mais das difíceis, por exemplo, tende a ir mal, pois evidencia os famosos chutões nas respostas.

A correção da redação do Enem 2019, por sua vez, é feita por dois professores diferentes, que avaliam o desempenho do participante de acordo com cinco critérios, avaliados de 0 a 200 pontos cada um, totalizando os 1.000 pontos finais: domínio da norma padrão da língua portuguesa, compreensão da proposta de redação, seleção e organização das informações, demonstração de conhecimento da língua necessária para argumentação do texto, além de elaboração de uma proposta de solução para os problemas abordados, respeitando os valores e considerando as diversidades socioculturais.

Quem apresenta domínio das 5 competências tende a tirar notas próximas da máxima. O resultado final é dado pela média simples entre a avaliação final dos dois corretores. Entretanto, caso haja diferença maior do que 100 pontos na nota geral ou superior a 80 pontos em qualquer uma das competências, um terceiro corretor avalia o texto do aluno, sendo comparada a nota deste com a mais próxima dos dois primeiros. Caso permaneça a diferença, o resultado final é atribuído por uma banca com três novos especialistas.

Avalie esta Postagem
0 comments… add one

Leave a Comment