Como fazer uma boa conclusão na redação – passo a passo

Fazer uma boa conclusão é um dos pontos mais difíceis na redação, entretanto é necessário ficar atento pois, um dos cinco critérios para avaliar a sua nota na redação do Enem é a proposta presente na conclusão. Ou seja, sem ela, o candidato já pode perder 200 pontos.

A redação do Enem segue o gênero dissertativo argumentativo e, em suas edições, apresenta um problema social ou ambiental brasileiro para o candidato resolver.

Na redação do Enem são avaliadas cinco competências: demonstrar domínio da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa; compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa; selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista; demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação e, por último, elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Estudantes que garantem uma boa nota na prova de redação conseguem aumentar bastante a média, uma vez que a redação é um caderno individual que vale mil pontos.

Nela, você precisa defender um posicionamento por meio de uma introdução, um desenvolvimento e uma conclusão. Ou seja, você terá que se posicionar sobre o tema, ao longo do texto, e apresentar uma solução para o problema, na proposta de intervenção.

A proposta de intervenção, portanto, é a parte da conclusão do texto em que apontamos as medidas práticas para resolver o problema. Ela é extremamente importante, pois corresponde a 200 pontos, o que representa 20% da nota do exame.

A solução apresentada deve ter relação com a tese desenvolvida na redação,  ser coerente com os argumentos que foram utilizados e precisa respeitar os direitos humanos, levando em consideração valores de cidadania, liberdade e diversidade cultural. O texto precisa apresentar uma proposta, e ela deve ser desenvolvida de forma detalhada.

Confira algumas dicas para uma proposta completa e detalhada:

Uma proposta bem elaborada deve conter quatro elementos, como também o detalhamento de um deles, quem vai fazer, o que fazer, como fazer e pra quê vai fazer. Para entender melhor veja o exemplo de uma conclusão do Enem 2017, de uma redação nota mil.

Portanto, indubitavelmente, medidas são necessárias para resolver esse problema. Cabe ao Ministério da Educação criar um projeto para ser desenvolvido nas escolas o qual promova palestras, apresentações artísticas e atividades lúdicas a respeito do cotidiano e dos direitos dos surdos. – uma vez que ações culturais coletivas têm imenso poder transformador – a fim de que a comunidade escolar e a sociedade no geral – por conseguinte – conscientizem-se. Desse modo, a realidade distanciar-se-á do mito grego e os Sísifos brasileiros vencerão o desafio de Zeus.

Perceba como o candidato cumpriu com os quatro pontos:

Quem são agentes envolvidos na operação? Ministério da Educação

Quais são as ações que devem ser tomadas/o que? “criar um projeto para ser desenvolvido nas escolas”

Quais os meios para solucionar o problema/como? “palestras, apresentações artísticas e atividades lúdicas a respeito do cotidiano e dos direitos dos surdos.”

Detalhamento de um dos itens, nesse caso do “Como”: “uma vez que ações culturais coletivas têm imenso poder transformador” 

Qual o efeito da ação/pra quê? “a fim de que a comunidade escolar e a sociedade no geral – por conseguinte – conscientizem-se”

A proposta apresentada deve ser executável, ou seja, possível de ser realizada. Não adianta apresentar soluções utópicas e fantasiosas, pois elas não serão realizadas. Não se esqueça descrever tudo certinho. Falar, apenas, que o Governo deve dar infraestrutura, por exemplo, é algo muito amplo e genérico. Procure nomear os órgãos responsáveis, os Ministérios do Brasil,  diga como eles proverão esse aumento de infraestrutura e mostre quais os meios para que isso aconteça.

Atualidades

O estudante, deve também, manter-se atualizado, pois o Enem costuma cobrar temas de atualidade relacionados ao aspecto social na redação. E para que o estudante consiga argumentar e elaborar a proposta de intervenção para o tema abordado é primordial que ele acompanhe o noticiário, leia livros, jornais ou sites de notícias. Do contrário, não conseguirá escrever um bom texto e propor soluções viáveis para o problema.

Conheça os direitos humanos

Desrespeitar os direitos humanos não anula a sua redação. Mas você já leu sobre eles e sabe quais são? Além Mais do que o respeito, talvez você tenha a oportunidade de citar os direitos humanos na argumentação.

Tais direitos são universais, ou seja, precisam ser assegurados para todas as pessoas. De maneira resumida, eles garantem condições de dignidade para com relação à vida, à política, à economia, à sociedade e à cultura de todas as pessoas.

Declaração Universal dos Direitos Humanos não é uma lei, porém é um documento que garante a proteção dos direitos e tem grande influência em constituições e tratados mundiais.

Avalie esta Postagem
0 comments… add one

Leave a Comment