Que horas sai o resultado do Sisu 2019?

Que hora sai o resultado do Sisu 2019? – O Ministério da Educação (MEC) deve divulgar o resultado do Sisu 2019 na manhã desta segunda-feira, por volta das 9h. Esse foi o horário em que houve a divulgação do resultado do Sisu 2018. O resultado da chamada regular do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do primeiro semestre de 2019 poderá ser consultada no site do Sisu ou pelo aplicativo do Sisu. As inscrições se encerram às 23h59 deste domingo (27). Os candidatos puderam escolher até duas opções de vagas em instituições públicas de ensino superior.

Para consultar o resultado, o estudante deverá acessar o boletim do candidato, na página do Sisu. Também é possível obtê-lo nas instituições participantes e na Central de Atendimento do MEC, pelo telefone 0800-616161.

Matrículas no Sisu 2019

O candidato selecionado deve verificar, junto à instituição de ensino em que foi aprovado, o local, horário e procedimentos para a matrícula. O prazo para a realização da matrícula é de 30 de janeiro a 04 de fevereiro.

Podem participar da lista de espera

  • Os candidatos não selecionados em nenhuma das opções na chamada regular

O candidato deve acessar o sistema entre os dias 30 de janeiro e 04 de fevereiro e, em seu boletim, clicar no botão que corresponde à confirmação de interesse em participar da lista de espera do Sisu 2019. O MEC recomenda que o estudante se certifique de que sua manifestação foi realizada. Ao finalizar a manifestação, o sistema emitirá uma mensagem de confirmação.

A partir de 07 de fevereiro, os candidatos na lista de espera começarão a ser convocados pelas próprias instituições de ensino. Os candidatos devem acompanhar as convocações da lista de espera junto à instituição na qual tenham manifestado interesse.

Como se preparar para o Enem 2019

Veja como se preparar para o Enem 2019 – O Ministério da Educação (MEC) já divulgou o resultado do Enem 2018. E hoje terminam as inscrições no Sisu 2019. E se eu não passar? O que fazer?

Quem acha que não foi muito bem ou quem fez a prova de 2018 apenas por experiência tem um longo caminho até o Enem 2019. Se você faz parte desse grupo, saiba que um dos grandes segredos de quem manda muito bem na prova é a preparação com bastante antecedência.

Apesar de ser considerado difícil por muita gente, qualquer pessoa pode tirar uma ótima nota no Enem e conseguir uma vaga em uma boa universidade. O segredo é ter disciplina e se dedicar durante todo o ano. Se você está decidida(o) a mandar bem em 2019, nós temos 6 dicas que vão ajudar muito a se preparar para o exame do ano que vem:

1) Resolva questões do Enem todos os dias

Toda prova tem suas características. A do Enem, por exemplo, costuma ser interdisciplinar e contextualizada. Desde 2015, professores já apontavam que as questões ficaram um pouco mais conteudistas, mas sem fugir muito do padrão anterior. Por isso é preciso se familiarizar ao máximo com a forma como o conteúdo é cobrado.

Tempo até o Enem 2019 não vai faltar. Se você montar um cronograma e resolver três questões por dia, em três meses já vai ter feito pelo menos três provas inteiras.

Se mantiver o ritmo até outubro, vai ter tempo para ver com calma todas as questões já publicadas no Enem. Isso dará a você a possibilidade de focar nas perguntas mais complexas e nos conteúdos que você tem maior dificuldade. Além do mais, pode se focar em simulados.

2) Esforce mais em matérias mais difíceis

Resolver questões mais complexas e conteúdos de maior dificuldade são aspectos que nos levam à segunda dica: todo mundo tem algum ponto fraco. Mesmo que você consiga ir bem em redação, Linguagens, Ciências Humanas, da Natureza, Matemática, sempre há uma disciplina que exige um esforço maior.

Pois o segredo de quem passa entre as melhores colocações é se dedicar desde o começo do ano um tempo extra a essas matérias. Aulas de aprofundamento ou professores particulares são uma opção. Se você acha que vai perder a motivação, temos dicas para manter o gás até lá 😉

3) Conteúdos que mais caem no Enem

Por mais que você estude toda a matéria e se foque nas disciplinas e questões mais difíceis, de nada vai adiantar se não estiver bem preparado para o conteúdo que mais cai. Nós temos um post que mostra quais os conteúdos que mais caem no Enem.

A lista inclui os temas mais cobrados em Química, Física, Biologia, Matemática e na prova de Ciências Humanas, além do tipo de redação que o Enem costuma cobrar. Rever esses itens já é um bom começo.

4) Acompanhe o tempo

Os dois dias, que somam um total de 10 horas e meia de prova, parecem uma eternidade. No entanto, você precisa treinar para não estourar o tempo. Uma alternativa usada por muitos vestibulandos é fazer as 90 questões de um único dia e medir a resolução no relógio. Para isso, claro, é preciso se organizar nos estudos.

Se você já fez o Enem ou se já conhece as questões, deve terminar a prova com uma boa folga, o que garante um tempo extra para os conteúdos novos que vão cair.

5) Faça 2 redações por mês

Escrever bem não tem mistério. Basta ler e escrever, simples assim. Além dos conteúdos de atualidades, leia livros periodicamente. Dois por mês é um bom número para impulsionar sua habilidade de interpretação e melhorar vocabulário.

Some a isso a produção de duas redações por mês, aumentando a frequência à medida que o exame se aproxima, e a qualidade do seu texto vai dar um grande salto. A gente tem vários temas de redação para você se inspirar.

6) Mantenha-se informado

Para ter bons argumentos na redação e resolver com facilidade as questões contextuais que o Enem costuma cobrar, você deve acompanhar periodicamente as notícias. É o que se chama de repertório sociocultural. Nós costumamos publicar aqui os temas atuais que têm chances de cair em vestibulares pelo país.

Ler um ou dois sites de notícias periodicamente também ajuda. Se você não tem o hábito de acompanhar portais, experimente começar lendo uma única matéria por dia. Com o tempo, você vai se inteirar dos assuntos e as leituras vão ficando mais fáceis. Ter uma rotina, via de regra, ajuda a criar e manter bons hábitos.

São práticas simples, mas que fazem muita diferença no longo prazo. Afinal, ninguém aprende de uma hora para outra. O estudo é um processo lento e contínuo, e a dedicação vai premiar você com o melhor presente de todos: a tão sonhada aprovação na universidade.

Além disso, claro, se você tiver condições de agenda e de bolso, sugerimos que faça um cursinho. Pode ser online ou presencial, como você considerar que é melhor. O importante é ter aquela ajuda extra, com professores que expliquem de um jeito que você entende 😉